Clarice Lispector

Quando se ama não é preciso entender o que se passa lá fora, pois tudo passa a acontecer dentro de nós.

As coisas estavam de algum modo tão boas que podiam se tornar muito ruins porque o que amadurece plenamente pode apodrecer.

Só uma coisa a favor de mim eu posso dizer: Nunca feri de propósito. E também me dói quando percebo que feri.

Há um silêncio dentro de mim. E esse silêncio tem sido a fonte de minhas palavras.

De mim, só se sabe o que respiro.

Tenho várias caras. Uma é quase bonita, outra é quase feia. Sou um o quê? Um quase tudo.

Não se preocupe comigo. Eu sou muito feliz.

RT @phrasesandpoems: Gosto daquilo que me desafia. O fácil nunca me interessou, já o obviamente impossível sempre me atraiu - e muito. ’ …

Por enquanto estou inventando a tua presença.

E quem sou eu para ousar pensar? Devo entregar-me. Como se faz? Sei porém que só andando é que se sabe andar e - milagre - se anda.